quarta-feira, novembro 06, 2013

Você precisa ler: A Culpa é das Estrelas


     Se tinha um livro que todos estavam lendo e comentando, era esse, do John Green, que se chama A Culpa é das Estrelas. É um romance que relata, em primeira pessoa, a história de dois adolescentes portadores de câncer que se conhecem justamente em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer. Os dois acabam tendo que lidar com a doença juntos, compartilhando muito da vida deles e isso acaba amenizando o sofrimento de ambos, ao decorrer do tempo, e da falta de melhoria nesse quesito.
     Quando você ler o livro, vai notar que, do mesmo modo que a personagem principal, Hazel Grace, tem inúmeras perguntas, você também terá, e a melhor parte disso é que tem esse site, do livro mesmo, e esse Tumblr onde também tem algumas perguntas respondidas pelo autor, mas em inglês. As respostas que ele dá são tão esclarecedoras, grande parte das vezes, e sempre tão interessantes como o livro. Um exemplo:
"É importante observar que “para sempre” não é muito tempo, assim como o “infinito” não é um número grande. Para sempre é infinito, e é preciso coragem para fazer declarações que envolvam infinitos."
     Apaixonei pelo livro porque além desse tema ser do meu interesse, é muito bom o jeito que o autor nos cativa durante a leitura, eu simplesmente não conseguia parar de ler - como geralmente faço com outros livros. Já estou lendo outro livro do John Green, que se chama Quem é Você, Alasca?, e em breve devo trazer a resenha deles para vocês. Agora só mais um trecho do livro:
“Alguns infinitos são maiores que outros... Há dias, muitos deles, em que fico zangada com o tamanho do meu conjunto ilimitado. Eu queria mais números do que provavelmente vou ter.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário