domingo, agosto 12, 2012

Tô namorando, e agora?

Problemas são parte de todos relacionamentos, mas não podemos deixar eles dominarem e levarem à separação do casal. Diariamente vemos várias pessoas terminando namoros e casamentos, mas não percebem que o motivo claro para isso foi apenas uma coisa: acomodação.
As pessoas começam a namorar e depois de algum tempo, deixam de tentar "conquistar" a outra pessoa e isso, apesar de não parecer, faz uma diferença enorme, tanto para meninas quanto para meninos. Com base em leituras de outros blogs ao longo dos anos, resolvi fazer uma lista das cinco coisas mais importantes que não podemos esquecer quando estamos com outra pessoa.
Todo casal briga, isso é fato, mas que tal fazer com que essas brigas não passem de 15 minutos? Alguém sempre tem que ceder e acatar as razões do outro, basta analisar os argumentos usados nas brigas. Algo que acho importante citar, é que as pessoas não devem guardar nada que envolva alguma outra, evite guardar a sua opinião com relação às atitudes de seu parceiro que não a agradam, porque no começo isso pode não parecer nada, mas durante as brigas, é costume tudo isso contra o parceiro. 
Rotina e comodismo, algo que é essencial para o término de um relacionamento. Depois de algum tempo os homens acham que já não é necessário comprar flores, convidar para sair e coisas do tipo, do mesmo modo que a mulher para de se cuidar excessivamente, visando agradar o parceiro, achando que ele não terminará por causa do tempo que estão juntos. Não é tão difícil continuar fazendo isso, certo?
No início a relação é puro amor, mimos e carinho, mas com o início das brigas as pessoas vão ficando com certo receio em se aproximar sem intenção alguma. A falta de afeto e troca de carinho é essencial, faz bem e todo mundo precisa - ainda mais vindo de quem amamos. Chame sua namorada para ver um filme, a abrace bastante e fique passando a mão entre seus cabelos, nada mais fofo.
Sempre que possível tirem um tempo para discutir sobre a relação, sobre vocês. É nessa hora que os problemas, por menos que pequenos, devem ser conversados e acertados. Acho que isso deveria ser feito sempre, porque é bem melhor ter algo resolvido do que deixar de "lado" e acabar usando isso em uma briga, acarretando o término do relacionamento. Aliás, sempre conversem bastante, não importa o assunto. 
Por fim, quem é que não gosta de um presente sem motivo, um beijo roubado ou uma declaração em carta? Coloque-se no lugar da outra pessoa, imagina a sensação de receber algo não esperado. Até mesmo um jantar feito em casa é super legal para "provar" para a outra pessoa que se importa com ela. 

Imagino que se seguissem esses cinco passos, as pessoas conseguem manter o relacionamento melhor e por mais tempo. O que acharam, meninas? O que acrescentariam na lista?

Nenhum comentário:

Postar um comentário